Remodelação governamental responde ao novo momento político – PM são-tomense

Vitrina 14 out O primeiro-ministro são-tomense, Patrice Trovoada disse hoje que o novo formato do governo que inclui a remodelação e reformulação de alguns ministérios se enquadra no “novo momento político e os novos desafios” do país.

“Havia uma necessidade de fazer um arranjo técnico a nível do governo perfeitamente pacífico”, disse Patrice Trovoada, sublinhando que “os elementos” que deixam o executivo irão continuar a servir a nação em outros setores e com outras responsabilidades”.

Patrice Trovoada viajou esta tarde para a capital togolesa, Lomé onde decorre até amanha a cimeira dos chefes de estado e do governo sobre a pirataria em África e desenvolvimento.

“O poder, o país, o futuro do país, o estado não se limita ao governo, a realização profissional, o contributo que nós damos ao país não se limita ao governo. Por isso é algo perfeitamente normal, é um arranjo que achei que era o momento atual para o fazer e eu espero que esse arranjo dará resposta aos novos desafios”, explicou Patrice Trovoada momento antes de viajar.

Explicou o porquê da introdução de um elemento novo na estrutura do governo que é a economia azul.

“É um conceito hoje bastante atual, nós tivemos um ministério da defesa e do mar, atualmente a economia azul, em concertação com os nossos parceiros multilaterais que nos apoiam na definição da nova estratégia da economia fazia todo o sentido termos um ministério desse”, explicou.

O chefe do executivo de São Tomé considerou que a situação económica do seu país está a “tornar-se cada vez mais difícil”.

Referiu que o executivo tem feito algum progresso, “houve algumas situações que já ficaram acauteladas em termos de organização, reforma e de realização”, mas que é necessário executar o programa do governo que foi aprovado para quatro anos com as adaptações que a conjuntura obriga”.

A cimeira africana sobre pirataria e desenvolvimento pretende elaborar uma carta africana sobre a segurança marítima e luta contra a pirataria. Uma carta que depois de discutida a aprovada será ratificada pelos estados membros antes da sua implementação. M. Barros

https://www.facebook.com/Vitrina-online

Voltar 

 

 

 

 

"Vitrina", Propriedade da PRESSCO, Lda., Sociedade de Prestação de Serviço nas Áreas da Comunicação Social - Contribuinte nº

199150 - S. Marçal - S.Tomé - RDSTP,  Cx. Postal  628 - Telm: +239 990 33 30

diariovitrina@hotmail.com  / Webmaster HSA