Presidente são-tomense efetua visita oficial de quatro dias a Cabo Verde

Politica 03 de Fevereiro de 2016 Vitrina  O presidente são-tomense Manuel Pinto da Costa inicia hoje uma visita oficial de quatro dias a Cabo Verde que “vai servir para fazer um balanço da nossa vivencia depois das independências”.

Pinto da Costa que deixou o arquipélago no final da tarde de hoje disse também que vai “trocar experiencias (com seu homologo cabo-verdiano) sobre a implementação do sistema multipartidário dos nossos dois países”.

O governante são-tomense lembrou que hoje 20 de janeiro completou 25 anos da implantação da democracia multipartidária em são Tomé e Príncipe.

“Foi 12 de julho de 1975 a independência e 20 de janeiro as primeiras eleições multipartidárias e um das primeiras em áfrica”, lembrou Pinto da Costa.

“É curioso que pouco se fala disso aqui em São Tomé e Príncipe quando foi um passo importantíssimo” acrescentou, propondo que “nós deveríamos parar, refletir profundamente, saber o que é que fizemos nesses 25 anos, como é que o país está depois da implantação do sistema multipartidário, se os problemas estão a ser resolvidos”.

O estadista são-tomense alerta para o “perigo” que pode correr “uma democracia que não resolveu os problemas da população”.

“É preciso ter cuidado porque democracia que não consegue resolver os problemas essenciais é uma democracia que pode estar em perigo. É preciso fazer uma análise profunda saber o que é que se fez o porquê dos erros e qual é o caminho mais correto que nós devemos seguir”.

A visita, a convite do seu homólogo cabo-verdiano Jorge Carlos Fonseca, decorre até domingo e da agenda consta um encontro entre os dois chefes de Estado, uma sessão solene no parlamento cabo-verdiano, além de visitas de cortesia ao primeiro-ministro José Maria Neves, aos partidos PAICV (no governo) e MpD (maior partido da oposição) e encontros com a comunidade são-tomense no país, de acordo com o programa divulgado hoje pela Presidência da República de Cabo Verde.

Os dois chefes de Estado irão abordar no encontro "a situação política, económica e social de cada um dos países, o relacionamento bilateral, as perspetivas de reforço e revitalização da CPLP (Comunidade de Países de Língua Portuguesa) e a situação internacional", segundo a Presidência cabo-verdiana.

Manuel Pinto da Costa fará ainda uma visita ao interior da ilha de Santiago, nomeadamente aos municípios de Santa Catarina e Tarrafal.

Deslocar-se-á também às ilhas de Santo Antão e de São Vicente nos dias 22 e 23 de janeiro, respetivamente, para participar, entre outras. M. Barros

Voltar 

 

 

 

 

"Vitrina", Propriedade da PRESSCO, Lda., Sociedade de Prestação de Serviço nas Áreas da Comunicação Social - Contribuinte nº

199150 - S. Marçal - S.Tomé - RDSTP,  Cx. Postal  628 - Telm: +239 990 33 30

diariovitrina@hotmail.com  / Webmaster HSA